Não importa a área de atuação, nem a época — o que todo profissional quer é se desenvolver e se destacar no mercado de trabalho. E isso não é diferente para a área médica.

O profissional médico demora, pelo menos, 6 anos para se graduar. Depois, mais 2 anos para se tornar especialista, no mínimo. Após tanto tempo de estudos, é normal querer ser bem-sucedido, não é mesmo?

Mas, sejamos sinceros: a realidade é que, atualmente, ser capacitado tecnicamente não é mais o suficiente para garantir uma carreira promissora na área de saúde. Outras atitudes são necessárias, independentemente da sua especialidade.

Então, se você quer saber mais sobre o assunto e descobrir algumas atitudes que podem te ajudar a se destacar no mercado de trabalho, continue lendo o texto de hoje!

Por que buscar se destacar no mercado de trabalho?

Não podemos negar que o mercado está cada vez mais competitivo, em todas as áreas de atuação. Assim, os médicos e clínicas de saúde buscam incansavelmente novidades e formas inovadoras de atuar, atrair novos pacientes e manter aqueles que já são atendidos.

De fato, é necessário buscar formas de se destacar. O paciente precisa sentir e perceber que o seu serviço oferece algo diferenciado, que há valor agregado ao que é oferecido. Só assim ele o escolherá, no lugar de dezenas de outros profissionais que oferecem uma assistência semelhante.

Mas os benefícios de se destacar no mercado de trabalho vão além daqueles relacionados à atração de novos pacientes e, consequentemente, mais lucratividade para o serviço. Ser um profissional reconhecido, bem-sucedido, respeitado e admirado é, hoje, um dos principais pontos para a realização no trabalho e na vida pessoal, como um todo.

Como se destacar?

Bom, agora que você entende como é importante buscar formas de se destacar, listaremos algumas maneiras que podem ajudar. Confira:

1. Mantenha-se atualizado

A tecnologia é, sem dúvida, uma das principais aliadas da área de saúde, permitindo avanços nos procedimentos preventivos, diagnósticos e terapêuticos.

As novidades de medicamentos, técnicas e pesquisas surgem diariamente, com informações que, muitas vezes, mudam completamente a forma como uma determina doença ou condição é encarada pelos profissionais. Por isso, é imprescindível manter-se sempre atualizado na sua área de atuação.

Isso demonstra preocupação com os pacientes, em busca de sempre oferecer o cuidado mais atual e seguro para os pacientes. Afinal, profissionais que não se atualizam são vistos como obsoletos, despreocupados ou mesmo preguiçosos.

O grande erro que muitos médicos cometem é o de achar que os estudos acabam quando a graduação e a residência acaba. Na verdade, utilizar referências de 10 ou até 5 anos atrás na área médica é considerada uma grande desatualização. Ser médico significa estar sempre estudando.

Nesse sentido, a atualização pode ser feita por meio de workshops, cursos, palestras, seminários, pós-graduações, entre outros. Inclusive, é interessante deixar exposto no consultório certificados de novos cursos e habilitações mais atuais.

2. Melhore seu relacionamento pessoal

O bom relacionamento é outro dos pontos principais para um profissional de saúde se destacar no seu meio.

Primeiramente, quanto ao relacionamento com o paciente: quando ele procura um consultório ou outro estabelecimento de saúde, o paciente busca mais do que atender as suas necessidades físicas. Ele espera ser bem atendido e compreendido também em suas dimensões sociais e psicológicas.

Nesse sentido, prestar um cuidado humanizado é enxergar o paciente como um todo, e levar todas suas dimensões em consideração para a definição de tratamentos e outras condutas.

Ter um bom relacionamento com o paciente também é uma forma de incentivo para que ele tenha melhor adesão ao tratamento. Por fim, as chances de um paciente indicar um profissional que teve com ele uma boa relação são consideravelmente maiores.

Mas outro relacionamento que precisa ser bom é com os profissionais de saúde com os quais você trabalha.

Essas são as pessoas que fazem parte do seu cotidiano de trabalho, participando direta ou indiretamente do serviço que você oferece aos pacientes. Logo, buscar uma boa comunicação, entendimento e cooperação é uma forma valiosa de criar um ambiente de trabalho propício para o crescimento e ajuda mútua.

Por fim, vale a pena investir no relacionamento com outros médicos, fisioterapeutas, nutricionistas.

O contato com esses profissionais pode, muitas vezes, ser necessário para complementação de conhecimentos para um diagnóstico ou tratamento. Além disso, assim cria-se uma troca na qual esses profissionais podem indicar o seu trabalho, e você, o trabalho deles.

3. Busque habilidades fora da área

Por incrível que pareça, o atendimento de pacientes na área de saúde exige muito mais do que os conhecimentos adquiridos durante a graduação e pós-graduação. Para crescer e se destacar na área, são necessários também conhecimentos relativos a:

  • gestão — o sucesso de qualquer estabelecimento de saúde, de pequeno ou grande porte, depende em grande parte de como é feita a sua gestão administrativa, financeira e de pessoal. Mesmo os profissionais que têm um consultório pequeno se beneficiam de conhecimentos básicos de gestão, que proporcionam maior organização e controle da assistência que é oferecida;
  • marketing — as estratégias de marketing na área de saúde permitem que o profissional compreenda as necessidades de saúde de seus pacientes e desenvolva formas de se divulgar (por meio de site, redes sociais, blogs);
  • relações interpessoais — como dissemos, os relacionamentos com pacientes, colegas de trabalho e outros médicos é muito importante para se destacar e desenvolver.

Todos esses conhecimentos podem ser adquiridos por meio de cursos específicos voltados para a área de saúde, que direcionam os saberes para serem aplicados por médicos e outros profissionais de saúde.

Enfim, lembre-se de que um médico que expande os seus conhecimentos além daqueles esperados para a sua área se destaca, com certeza, entre outros com competências técnicas de mesmo nível.

Em primeiro lugar, é importante lembrar que o autoconhecimento e o reconhecimento do seu próprio valor são sempre os primeiros passos para crescer profissionalmente. E essa mentalidade, aliada às atitudes que trouxemos neste texto, te ajudarão a se destacar no mercado de trabalho cada vez mais.

E então, gostou do post? Sabe de outras dicas valiosas para se destacar no mercado de trabalho? Sobrou alguma dúvida? Deixe o seu comentário e compartilhe a sua experiência conosco e com os outros leitores!

Autor

Escreva um comentário