Como um aplicativo extremamente visual, com foco na exibição de imagens, o Instagram para clínica funciona como uma vitrine para o trabalho do médico, um portfólio de sua atuação profissional.

Porém, a ferramenta pode ser mais do que isso, se revelando uma ótima opção de marketing e de relacionamento. Além de aproximar médicos e pacientes, a rede social torna-se um canal para a divulgação de informações relevantes, gerando autoridade e proporcionando visibilidade para a clínica ou consultório.

Entretanto, para alcançar todos os benefícios que o uso das redes sociais pode gerar é preciso saber utilizar cada ferramenta. Confira aqui algumas dicas para o Instagram!

Fique atento à qualidade das imagens

São elas que têm maior destaque no feed do usuário. Por isso, é fundamental investir em fotos e imagens que tenham atributos para atrair a atenção dos potenciais seguidores, caso contrário, eles não vão se interessar em ler a legenda.

As imagens devem refletir, genuinamente, o dia a dia do profissional na clínica. Também é interessante compartilhar momentos de estudo e atualização profissional. Publique fotos em congressos, palestras e cursos para demonstrar como você valoriza o aprendizado constante.

Fotos de antes e depois dos procedimentos, por exemplo, geram grande interesse. O caráter da rede social permite alguma descontração, porém, as fotos devem ser de alta qualidade (Instagram para clínica). Isso aumenta o alcance da publicação e denota profissionalismo.

Outro ponto importante é a harmonia visual do seu feed. Equilibrar fotos de boa qualidade com cards informativos, adotar uma identidade visual e combinar cores de maneira elegante faz com que o usuário se interesse em navegar pelo seu conteúdo, ao acessar o seu perfil.

Capriche nas publicações

As imagens são a grande isca, mas as legendas estão ali para serem usadas. Esse é o espaço para vender o seu peixe. No entanto, os conteúdos devem ser breves, objetivos e relevantes.

Dicas de saúde em geral, alertas sobre temas importantes, explicações sobre procedimentos, esclarecimentos sobre dúvidas comuns, divulgação de novos estudos e descobertas científicas e outros assuntos pertinentes à especialidade devem ser abordados de forma sucinta, em tópicos, por exemplo.

Além disso, ao divulgar um vídeo, é importante transmitir a mensagem em, no máximo, um minuto e cuidar da produção, passando credibilidade e profissionalismo.

Utilize as hashtags

Elas fazem parte da linguagem do Instagram. Funcionam como uma espécie de sinalizador de assuntos e são formadas pela adição do símbolo “#” à frente de palavras ou frases, sem espaços.

As hashtags são usadas como ferramenta de busca e indexação de assuntos, mas no caso de perfis profissionais devem ser usadas com moderação — entre 3 e 5 são suficientes para não poluir a publicação. Outra opção é colocá-las em um comentário separado da legenda.

Além disso, para escolher que hashtags utilizar vale a pena fazer um estudo das palavras mais relevantes para a sua área de atuação, aquelas que levam os pacientes certos a encontrarem o seu perfil. Portanto, elas precisam fazer parte da sua estratégia de marketing digital para atrair pacientes.

Não esqueça do stories

Trata-se de uma das ferramentas de maior destaque do aplicativo. Ela permite a criação de vídeos curtos (15 segundos), aplica filtros especiais nas selfies e você pode adicionar legendas, desenhos e emojis às fotos, que ficam no ar por apenas 24 horas.

Dessa forma, o stories é uma ótima funcionalidade para os usuários compartilharem o seu dia a dia e os bastidores da profissão, de maneira mais informal. Por isso, a frequência de publicação é muito importante, já que muitas pessoas acompanham diariamente.

Uma pergunta bastante comum é se um médico deve compartilhar momentos da sua vida pessoal com os seguidores. Sim, sem exageros, isso humaniza o médico, aproximando-o dos pacientes. Aliás, o stories é um ótimo local para esse tipo de publicação, sem interferir no feed, deixando-o com um ar mais profissional.

A partir de uma atualização mais recente, surgiu a possibilidade de armazenar essas publicações em pastas de destaque que ficam disponíveis para visualização no seu perfil. Esse recurso possibilita a categorização do conteúdo por assunto dentro do seu Instagram.

Planeje as publicações

Além do cuidado com o conteúdo postado, é importante planejar quando e com que frequência as publicações devem ser feitas. O próprio Instagram fornece estatísticas a respeito dos horários em que os seus seguidores estão mais ativos. Assim, programe as publicações conforme os horários de pico para que sejam vistas por mais pessoas, aumentando as interações com ela — curtidas e comentários.

Da mesma forma que o Facebook, quanto maior as interações instantâneas, nos primeiros minutos após a publicação, maior é o alcance da postagem. Ou seja, para mais pessoas ela é exibida. Outro fator importante é a frequência. Quanto mais regulares forem as publicações, maior o engajamento e a audiência. Por isso, agendar postagens é uma forma eficiente de usar o Instagram para clínica.

Promova o seu perfil

Tão importante quanto investir na qualidade das imagens e na estratégia de publicações é promover o seu perfil, dentro e fora do Instagram. Uma das táticas mais utilizadas para atrair novos seguidores é seguir para ser seguido. Mas atenção, não adianta fazer isso sem critério. Identifique pessoas que se interessam por perfis semelhantes ao seu e que façam parte do seu público-alvo.

Também não basta seguir e esquecer, é preciso manter a comunicação com seus pacientes ativa. Curta e comente algumas fotos das pessoas que você segue. Nunca deixe de responder comentários deixados nas suas publicações. Além disso, é essencial divulgar o seu perfil em outros canais, com links no seu site, blog ou outras redes sociais. Após a integração com a plataforma do Facebook, por exemplo, ficou mais fácil criar campanhas para veiculação de anúncios também no Instagram.

Leve a sério a ética médica

Assim como qualquer publicidade nessa área, para utilizar as redes sociais com o fim de divulgação de trabalho médico é preciso considerar o que diz o Código de Ética Médica. Nele, o Conselho Federal de Medicina reúne uma série de critérios, por exemplo, ele veda o uso de imagens que exponham o paciente. Por isso, nas fotos de antes e depois, e de qualquer procedimento, a tomada nunca deve ser total, preservando a identidade da pessoa.

É preciso cuidado também ao publicar sobre tratamentos e técnicas, pois não é permitido passar a ideia de tratam-se de exclusividade daquela clínica ou consultório. Informações e recomendações sobre saúde estão entre as mais procuradas na internet. Portanto, para ser encontrado por mais pacientes e se destacar no mercado, tornando-se referência na sua especialidade, um médico precisa estar online.

Instagram para clínica

Com mais de 1 bilhão de usuários, o Instagram para clínica tem sido a ferramenta do momento para alavancar a sua estratégia de marketing digital. O uso correto dessa rede social traz resultados efetivos, tanto em termos de consolidação do nome do médico e da clínica no mercado quanto em atração de novos pacientes para o consultório.

Se você gostou das nossas dicas sobre o uso do Instagram, não deixe de ver este outro artigo sobre marketing odontológico e aproveite a leitura!

Autor

Escreva um comentário