Uma das principais reclamações de pacientes e acompanhantes nas clínicas e nos consultórios médicos é a demora no atendimento e a constante burocracia nos processos. Obviamente, a qualidade dos profissionais de saúde, sobretudo médico e enfermeiros, é de extrema importância, mas uma boa gestão no consultório, processos bem definidos e preocupação com outros fatores como atendimento, serão um diferencial no mercado.

Nesse sentido, não é difícil encontrar estabelecimentos que estão investindo em diferentes métodos para melhorar todos os processos. Afinal, essa é uma maneira de aumentar o tempo disponível para que os profissionais de saúde possam realizar melhor seu trabalho e, ainda, aumentar o nível de satisfação dos pacientes.

Interessou-se pelo assunto? Então, continue a leitura deste artigo e veja seis motivos para investir em uma ferramenta de gestão no consultório.

1. Aumentar a produtividade

Como já destacado, o aumento de produtividade é um dos grandes benefícios do uso de ferramentas de gestão no consultório. Ela é essencial para que os resultados sejam satisfatórios e que se consiga atender os pacientes de acordo com suas necessidades, sanando seus problemas e melhorando seus níveis de saúde.

Não podemos deixar de mencionar que todas essas atividades podem ser feitas com extrema qualidade, buscando sempre a satisfação do cliente.

Muitos profissionais de saúde acreditam que o emprego de ferramentas de gestão no consultório pode ocasionar a perda de produtividade. Esse pensamento é completamente errôneo, uma vez que um sistema de gestão é projetado para se adequar ao fluxo de trabalho do empreendimento em questão.

Assim, haverá a simplificação de algumas tarefas e a erradicação da burocracia e de processos desnecessários. Portanto, se uma etapa se torna mais rápida, todo o desenvolvimento será realizado com maior eficiência e agilidade.

Nesse caso, sua clínica terá melhor desempenho em pontos importantíssimos para os pacientes, como atendimento médico, atrasos, diminuição do tempo de espera e, até mesmo, redução de erros.

2. Organizar processos

Um estabelecimento renomado e que atende seus pacientes com qualidade e respeito tem um nível de organização extremamente alto. Pode até parecer simples, mas organizar a agenda dos médicos, com seus atendimentos e procedimentos, e todos os processos administrativos de um consultório não é nada fácil.

Garantir que os pacientes não se esqueçam das consultas e certificar que os médicos estarão aptos a atendê-los na hora marcada exige muita atenção dos profissionais.

Além disso, manter questões administrativas em ordem também não é fácil. É preciso atentar para o estoque dos materiais e a folha de pagamento dos profissionais, emitir relatórios, cobrar pacientes inadimplentes e outras atividades.

Um software de gestão no consultório facilitará todo o processo, garantindo que os profissionais tenham rápido acesso às informações necessárias e consigam realizar suas atividades rotineiras de maneira mais eficaz.

O rápido acesso à informação permite, ainda, que relatórios se tornem mais completos, e que erros, como o esquecimento de um paciente ou de uma conta a ser paga, não ocorram mais. Vale a pena garantir a organização de sua clínica, não é mesmo?

3. Garantir a segurança da informação

Outra grande vantagem das ferramentas de gestão no consultório é a segurança da informação. Os softwares utilizam o sistema de computação em nuvem para armazenar as principais informações da sua cínica. Dessa maneira, não será preciso arquivar pilhas e pilhas de papéis com os dados de cada um de seus pacientes.

Além disso, sempre que for realizar uma consulta, o profissional de saúde terá acesso fácil aos prontuários antigos e a todas as informações relativas àquele paciente, em tempo real. Essa também é mais uma maneira de garantir o aumento da produtividade e a satisfação dos pacientes, afinal o médico sempre se “lembrará” de tudo o que foi conversado na consulta anterior.

4. Diminuir os erros

Mantendo a linha de raciocínio do tópico anterior, pode-se afirmar que a utilização de ferramentas de gestão no consultório também é primordial para a diminuição de erros. Não é raro nos depararmos com situações em que os médicos prescrevem os medicamentos e elaboram as receitas se baseando apenas na situação presente dos pacientes. Esse tipo de prática pode ser prejudicial, podendo ocasionar reações alérgicas e outros problemas.

As ferramentas de gestão garantirão que os medicamentos prescritos sejam corretos, evitando que os pacientes sofram demasiadamente com os efeitos colaterais. Por meio de registros antigos, o profissional de saúde saberá qual o melhor medicamento para o paciente em questão. Existem alguns softwares que emitem um alerta ao médico, antes que este realize uma prescrição, reduzindo assim os erros humanos.

5. Facilitar o cadastro de pacientes

A principal maneira para se identificar um paciente se dá por seus dados cadastrais. Mas, quando um paciente vai a uma clínica, por exemplo, é preciso que ele passe todos os seus dados antes de agendar uma consulta. Esse tipo de procedimento é comumente realizado por telefone, fazendo com que a simples marcação de uma consulta se torne uma longa etapa.

Certamente, esse passo pode ser otimizado. É possível encontrar o cadastro de um paciente apenas com seu nome e sobrenome, evitando que uma ligação de 5 minutos se estenda para 20 minutos.

Além disso, podem-se reunir todas as informações sobre o paciente, como exames, procedimentos e suas últimas consultas. Portanto, todo o processo será simplificado e, mais uma vez, será possível evitar erros humanos.

É importante ressaltar que o fácil acesso a esse tipo de informação também é uma alternativa para preservar e, algumas vezes, aumentar o vínculo com o paciente. Ele se sentirá importante sempre que for reconhecido quando entrar em contato. Simples, mas eficaz, não é mesmo?

6. Melhorar a gestão no consultório

Por fim, as ferramentas de gestão no consultório também serão excelentes para melhorar a gestão financeira na sua clínica. A utilização de softwares eliminará a necessidade do uso de planilhas, por exemplo.

Além disso, todos os dados poderão ser acessados em um único ambiente, integrado e eficaz. Dessa forma, todas as informações financeiras estarão disponíveis no mesmo lugar, facilitando os processos de gestão financeira como a emissão de relatórios e as questões relativas ao faturamento.

Outro ponto em que será possível perceber a melhora nos processos de gestão financeira é no controle dos pagamentos dos clientes e nos dados dos pacientes atendidos separando-os em convênios e consultas particulares e muitos outros.

Não podemos deixar de mencionar que a escolha de um bom software é fundamental para o sucesso do seu consultório. Já existem empresas no mercado que disponibilizam ferramentas de gestão que são exclusivamente voltadas para consultórios e clínicas médicas.

Esse tipo de software é capaz de otimizar a gestão financeira, a gestão de pacientes, o prontuário eletrônico, a gestão de medicamentos e, até mesmo, a gestão de processos e fluxo de trabalho. Vale a penha conhecer, não é mesmo?

E aí, gostou do nosso artigo? O que achou da utilização de uma ferramenta de gestão no consultório? Tem alguma dúvida ou sugestão? Entre em contato conosco — teremos prazer em lhe ajudar!

Autor

Escreva um comentário